Adeus, PPT basicão: seis dicas para apresentações de powerpoint criativas

Tela em branco e o prazo apertado. Uma receita perfeita para o pânico e para uma reunião potencialmente desastrosa. Mas, não se engane, falta de tempo esse ou aquele perfil da empresa não são desculpas para criar apresentações que deixam todo mundo exausto ou entediado. Vamos te contar alguns truques simples capazes de surpreender sua plateia na medida certa. Dá uma olhada! 🙂 

  1. Para onde apontar a bússola? Planeje suas apresentações criativas

    Antes de fazer para os outros, resgate o propósito da apresentação para você. Como  chegou até ali e de que forma a apresentação faz sentido para a sua história? Escreva no papel os “quês”, “comos” e “porquês” que estão presentes no storytelling que você quer transmitir ao seu público. Antes da tela, experimente o rascunho em papel. Isso resgatará a sua proximidade com o produto/ideia que deseja vender.
  2. Uma história com começo, meio e fim

    Lá na Grécia Antiga, Aristóteles já tinha definido o esquema clássico de narrativa que é utilizado em todos os produtos de storytelling que consumimos: o arco dos três atos. Pense na sua apresentação a partir desse esquema e procure identificar elementos que vão trazer o seu público para a história a ponto de se sentirem parte dela. Pensar em conflitos e resoluções, estilos dinâmicos que não torram a paciência, momentos para estabelecer um clima de empatia e intimidade e finalizar com estilo são toques que não podem faltar na sua narrativa.
  3. Acredite no bordão: de fato, menos é mais

    A história está em você. Apresentações criativas serão fundamentais para criar memória no seu público, mas não se esqueça: quem faz acontecer é você. Por isso, economize na carga de informações que vai incluir nos slides. Coloque apenas o essencial e o que pode ajudar o espectador a fixar conceitos e sentimentos que já serão explorados na sua oratória. Inclusive, tente usar cores harmoniosas. Esteja sempre atento às paletas de cores que dão a finalização estética refinada para qualquer situação. Cuidado também com a tipografia. Tente enxergá-la como um outro elemento de ordem: dê preferência por estilos neutros e legíveis, que transmitam força e personalidade.
  4. Hierarquia de informações: atenção para o que vem primeiro

    Ao mesmo tempo em que seus slides não precisam estar recheados de informações, é necessário saber organizar direitinho cada elemento que ficou. Imagens literais são excelentes para dar destaque a um único objeto. Já imagens não-literais são excelentes para dar ênfase a um sentimento ou a um conceito fundamental para aquele momento da apresentação. Trabalhe com o contraste de cores e de imagens, formas e letras de palavras. Dê mais destaque ao que informa mais. E, claro, atenção para a ordem de leitura: lembre que nosso olhar sempre busca, primeiro, o lado superior esquerdo para transitar pelo lado direito e, enfim, cair para o lado inferior esquerdo. Use isso a seu favor quando for pensar na organização dos elementos pela sua ordem de importância.
  5. Abuse de uma boa curadoria de imagens 

    Você sabe quais são as palavras-chaves da sua apresentação, do primeiro ao último slide? Pode ser um bom caminho para pensar na organização estética dos slides. E hoje há diversos bancos de imagens que oferecem opções lindíssimas e inspiradoras — sem aquela cara quadrada, sabe? — e que, com certeza, vão dar aquele impacto para apresentações mais criativas. Basta tomar cuidado com o copyright, ou seja, verificar quais imagens podem ser utilizadas de forma gratuita ou sem atribuição de crédito. Temos algumas dicas para você: Unsplash, Nappy — banco de imagens americano apenas com negras e negros — e o Visual Hunt.
  6. Faça dos dados personagens da sua história

    Saber trazer contexto e história para os dados é fundamental para a comunicação em ambientes corporativos. Pense na trajetória dos seus números. Com o texto à esquerda e os números à direita, faça com que o dado não seja um mero detalhe, mas a forma de validar, de vez, todo o storytelling desenvolvido até aqui. E, claro, todo cuidado estético é pouco para que os dados não sejam coadjuvantes, mas protagonistas. Pense em visualizações que sejam claras, utilize cores sóbrias e ordene as seções por grandeza. 

Podemos ajudar você a não ter medo de apresentações de powerpoint criativas

Se você se animou por aí e quer ter mais dicas para desenrolar de vez apresentações criativas que vão revolucionar suas reuniões, vem que a gente te mostra o caminho. Com o Chora PPT, a Sputnik traz um dos cursos mais populares da Perestroika para o ambiente corporativo. Acreditamos que os slides contam histórias que inspiram e engajam. Você também? Saiba mais aqui.

Deixe uma resposta